quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Santayana analisa Marina. Made in USA.

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Cameron e Al Gore adoram a Marina
>>>>
O Conversa Afiada republica texto de Mauro Santayna:
>>>
As duas faces da candidata
>>>
Jornal do Brasil
>>>
O SÚBITO INTERESSE, de alguns meios de comunicação e de setores empresariais poderosos, pela candidatura da senadora Marina Silva, recomenda aos nacionalistas brasileiros alguma prudência. A militante ecológica é apresentada ao país como a menina pobre, da floresta profunda, que só se alfabetizou aos 16 anos e fez brilhante carreira política. Tudo isso é verdade, mas é preciso saber o que pensa realmente a senadora do Brasil como um todo.
>>
Convém lembrar que a senhora Silva (que hoje se vale do sobrenome comum para atacar Dilma Rousseff) esteve associada a entidades internacionais, e recebeu o apoio declarado de personalidades norte-americanas, como Al Gore e o cineasta James Cameron.
>>
James Cameron, autor de um filme de forte simbolismo racista e colonialista, Avatar, intrometeu-se em assuntos nacionais e participou de encontro contra a construção da represa de Belo Monte. A respeitável trajetória humana da senadora pelo Acre não é bastante para faz er dela presidente da República. Seu comportamento político , ao longo dos últimos anos, suscita natural e fundada desconfiança dos brasileiros.
>>
Seus admiradores estrangeiros pregam abertamente a intervenção na Amazônia, “para salvar o mundo”. Não são os ocupantes do vasto território que ameaçam o mundo. São as grandes potências, com os Estados Unidos de Gore em primeiro lugar, que, ao sustentar grandes e bem equipados exércitos, pretendem governar todos os povos da Terra.
>>
Al Gore, que festejou a candidatura verde, é o mesmo que pron unciou, com todas as sílabas, uma frase reproduzida pela imprensa: “Ao contrário do que os brasileir os pensam, a Amazônia não é só deles, mas de todos nós”. Desaforo maior é difícil. Ninguém, de bom senso , quer destruir a Natureza, e será necessário preservar a vida em todo o planeta, não só na Amazônia.
>>
A senadora Marina Silva tem sido interlocutora ativa das ONGs internacionais, tão zelosas em defender os índios da Amazônia e desdenhosamente desinteressadas em ajudar os nativos da região de Dourados, em Mato Grosso do Sul, dizimados pela doença, corrompidos pelo álcool e, não raras vezes, assassinados por sicários. Argumente-se, em favor da senadora, que o seu fervor quase apostólico na defesa dos povos da Floresta dificulta-lhe a visão política geral.
>>
Mas seu apego a uma só bandeira, a da ecologia radical, e o fundamentalismo religioso protestante que professa, reduz em as perspectivas de sua candidatura. Com todos os seus méritos e virtudes, não é provável que entenda o Brasil em toda a sua complexidade, em toda a sua inquietude intelectual, em toda a sua maravilhosa diversidade regional. As conveniências da campanha eleitoral já a desviaram de alguns de seus compromissos juvenis.
>>
Esse seu pragmatismo está merecendo a atenção do ex-presidente Fernando Henrique, que pretende um segundo turno com a aliança entre Serra e Marina. Como sempre ocorre com os palpites políticos do ex-presidente, essa declaração é prejudicial a Serra e, provavelmente, também a Marina. Ela, vista por muitos como inocente útil daqueles que nos querem roubar a Amazônia, é vista pelo ex-presidente como inocente útil da candidatura dos tucanos de São Paulo .
>>
É possível desculpar a ingenuidade na vida comum, mas jamais aceitá-la quando se trata das razões de Estado. José Serra poderia ter tido outro desempenho eleitoral, se tivesse desouvido alguns de seus aliados, como Fernando Henrique, que lhe debitou a política de privatizações, e Cesar Maia, que lhe impôs o inconveniente e troglodita Indio da Costa como vice. O apego de Marina a uma só bandeira e o fundamentalismo religioso não a ajudam.
>>
Postado no Blog Conversa Afiada do Paulo Henrique Amorim

Oscar Niemeyer agora é Dilma!



O arquiteto Oscar Niemeyer acaba de declarar apoio a Dilma Rousseff. O arquiteto declarou seu apoio a candidata de Lula durante encontro com amigos em seu apartamento, em Ipanema.
>>
Postado no Blog os Amigos do Presidente Lula

Um passo atrás dos “atiradores da elite”.

Era um tanto previsível, como falei esta madrugada, que o Datafolha recuasse na sua ousada manobra de terça-feira, destinada a criar um clima derrotista (ainda que apenas de 1º turno) na campanha de Dilma Rousseff. Com os números saídos ontem do Ibope e do Sensus, ambos dando 10 pontos de vantagem de Dilma sobre a soma Serra + Marina Silva, era forçoso que o instituto, a tão poucos dias das eleições, não pudesse se manter numa posição ainda mais díspar em relação aos demais levantamentos.
>>
Disse mais díspar, porque díspar já é: ao “devolver” três pontos à diferença entre Dilma e os demais, saindo dos incríveis 2 pontos de terça para os atuais cinco, o Datafolha ainda está – prestem atenção – fora dos eixos, porque não há uma pesquisa sequer que coloque esta vantagem, no mínimo, em valor dobrado ao que dá o Datafolha.
>>
Mas que ninguém se iluda. O recuo foi só o suficiente para não deixar os “atiradores da elite” mais visíveis do que já estão. Eles continuam, graças ao Datafolha, em posição de tiro, esperando que seu alvo – Dilma – fique em qualquer situação de vulnerabilidade.
>>
O primeiro momento, agora, vem com o debate na Globo. Marina será a arma, podem ter certeza. Espero – mas não creio – que ela o perceba e não se preste ao papel. Mas a história da “onda verde” e o pequeno crescimento que teve, insuflada pela mídia, parecem tê-la deixado com a ambição acima da razão. Ambição tola, aliás, porque não tem a menor chance de passar ao 2º turno e nem mesmo de sair com um partido minimamente forte após o período eleitoral.
>>
Acho, porém, que Dilma está tranquila, preparada e experiente, pelos debates que enfrentou até aqui e nos quais seu desempenho foi convincente.
>>
Por isso, acredito que o momento que eles esperam vem a partir de manhã, quando se encerrarem os horários de rádio e televisão. Se há uma coisa que apreciam, isso desde aquela edição criminosa do debate Collor x Lula, é atirar contra quem não pode se defender com as mesmas armas de comunicação, por isso tenho insistido tanto em que não podemos esmorecer aqui.
>>
Ao contrário do que aconteceu de outras vezes, não estamos mais totalmente indefesos. Temos a internet e seu fantástico poder de comunicação. É verdade que, sem escrúpulos e sem ética, eles a usam para espalhar boatos e vilanias.
..
Mas a luta pela verdade não precisa de armas desiguais. Basta-nos ter um pequeno espaço, porque a verdade corta como o fio de mil punhais.
>>
Eu e meus colaboradores estamos à toda. Vamos ter um combate sem tréguas até domingo. Se cada um ajudar, somos dezenas de milhares, só aqui no Tijolaço.com, e milhões, por todos os sites e blogs democráticos, a dar combate pelo povo brasileiro.
>>
Cada um de nós sabe de seu dever. Cada um de nós tem a força da verdade e o amor pelo povo brasileiro dentro de si.
>>
Adiante, portanto, é o Brasil que chama por nós.
>>
Postado no Blog Tijolaço do Brizola Neto

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Dilma recebeu o apoio maciço dos cristãos.



29.09.2010
>>
A candidata à Presidência da República pela coligação Para o Brasil Seguir Mudando, Dilma Rousseff, se reuniu hoje por cerca de duas horas com representantes de 11 entidades religiosas de todo país em Brasília. Os cristãos declararam apoio maciço à petista nas eleições de domingo. Os líderes religiosos também divulgaram uma carta aberta repudiando “a boataria cruel e mentirosa”
que vem sendo disseminada contra Dilma na Internet.
>>
Após o encontro, Dilma concedeu uma entrevista coletiva em que reafirmou seu compromisso com a vida e sua posição contrária ao aborto. A candidata também rejeitou a possibilidade de convocação de um plebiscito no país para decidir sobre a questão. “Não sou a favor de um plebiscito porque ele dividiria a nação entre aqueles que defendem e aqueles que são contra. A legislação existente hoje pacifica todas as posições. Eu sou contra mudar a lei”, enfatizou.
>>
Ela também salientou que nunca fez qualquer referência sobre a vitória nas eleições baseada em pesquisas, lembrando que os jornalistas são testemunhas disso ao longo de sua jornada na campanha. Por isso,
ela fez questão de repudiar as informações falsas que estão circulando pela Internet afirmando que ela usou inclusive Deus para dizer que não seria derrotada.
>>
"Eu lamento isso profundamente, porque nunca saíram da minha boca palavras nesse sentido”, argumentou.
>>
Valores pela vida
>>
Durante o encontro, os cristãos deram declarações de apoio à candidata e reafirmaram que confiam na sua posição e na capacidade de Dilma de valorizar a família e os valores pela vida. “Vocês podem ter certeza que nossa relação será pautada pelo diálogo, pela parceria e pela colaboração”, disse Dilma para os cristãos.
>>
Dilma afirmou que precisará do apoio das igrejas principalmente no combate às drogas, em especial ao crack. “Sozinho, o Estado não vai conseguir resolver esse problema das drogas e do crack. Por isso, vai ser fundamental nossa parceria com as igrejas a as casas de reabilitação”, comentou.
<<

O presidente do Conselho Nacional de Pastores do Brasil, bispo Manoel Ferreira, disse que Dilma é “um instrumento de Deus e do presidente Lula” para continuar realizando a mudança que o Brasil precisa.

>>
Postado no Site www.dilma13.com.br

Cuidado com as armações! É hora de esforço para todos nós.

Cuidado, povo brasileiro. Há uma máquina impiedosa montada contra ti. De hoje até a eleição serão dias de vergonha para uma imprensa que mereça o nome de livre. Vão bombardear, pelos jornais e pela Rede Globo, pesquisa após pesquisa para construir a falsa impressão de que existe uma mudança no quadro eleitoral.
>>
Tudo o que fizeram nas últimas semanas, embora tenha detido a ascensão vertiginosa de Dilma Rousseff, não teve o poder de reverter o movimento social que se construiu em torno de sua candidatura.
>>
Foi e é repugnante. A esta altura, milhões de brasileiros mal podem conter o nojo e a repulsa pelo papel a que se presta está verdadeira Proconsult estatística que se tornou o Datafolha.
>>
Preparam para hoje, o mais tardar amanhã, uma nova simulação de resultado. Tem o objetivo inconfesso de não deixar que a população perceba que todas as outras pesquisas produzem resultados diferentes.E para isso, vão contar com o império Globo, invadindo milhões de lares para induzir os incautos ingênuos de que houve uma transformação no quadro eleitoral.
>>
É a técnica nazista de repetir a mentira até que ela seja tida como verdade, o povo brasileiro jamais precisou tanto de cada mente lúcida e informada do que precisa agora.
>>
Cada um de nós, a cada minuto, a cada instante, que for possível precisa levar adiante a informação sobre os fatos reais e a realidade é que não – repito, não – houve mudança significativa no quadro de favoritismo consolidado de Dilma Rousseff.
>>
Coloquem suas vozes e os seus dedos nesses teclados como quem coloca a alma em um combate decisivo. Precisamos de cada um e de cada uma de vocês.
>>
E de cada um e de cada uma de vocês, o povo brasileiro precisa, indispensavelmente, de uma energia que nem mesmo nós sabemos ter dentro de nós.
>>
Vamos em frente, com a serenidade dos que sabem ter a razão ao seu lado, com a lucidez que a verdade nos permite e com a coragem que os nossos corações transbordam, avancemos neste combate final.
>>
O futuro, a felicidade que desejamos para esse país e para seus cidadãos sejam de onde forem, tenham a pele de que cor tiverem, sejam filhos de peões ou de doutores, está ali nos chamando com sua força irresistível.
>>
Vamos em frente, meu irmão e minha irmã. A vitória do povo brasileiro merece de nós mil vezes tudo aquilo que podemos lhe dedicar.
...
Postado no Blog Tijolaco do Brizola Neto

Depois do Globope agora é o Sensus quem enterra o Datafalha. Jogue o Datafalha no lixo.


Saiu no Terra:
>>>
CNT/Sensus: Dilma tem 54,7% dos votos válidos e Serra, 29,5%
>>>
Claudia Andrade
Direto de Brasília
>>>
A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, lidera a corrida pelo Palácio do Planalto com 54,7% dos votos válidos, segundo pesquisa do instituto Sensus encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT). O número divulgado nesta quarta-feira (29) aponta vitória da petista no primeiro turno das eleições. O tucano José Serra aparece na segunda colocação, com 29,5% dos votos válidos, seguido da senadora Marina Silva (PV), que tem 13,3% das intenções de voto.
>>>
Os percentuais de votos válidos foram obtidos descontando-se os votos brancos e nulos, que somaram 3,6% dos entrevistados, e indecisos, que totalizaram 9,5%. Sem descontar os votos brancos/nulos e os eleitores indecisos, Dilma Rousseff lidera com 47,5%, Serra tem 25,6% e Marina, 11,6%. Nenhum dos outros candidatos chegou a 1% das intenções de voto.
>>>
A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento foi feito a partir de 2 mil entrevistas realizadas entre os dias 26 e 28 deste mês. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número 33.103/2010.
>>>
No levantamento anterior, divulgado no dia 14 deste mês, Dilma tinha 57,8% dos votos válidos e Serra, 30,2%. O percentual de votos brancos e nulos era de 3,5% e o de eleitores indecisos, 9,1%.
>>>
Postado no Blog Conversa Afiada do Paulo Henrique Amorim

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Cuidado: lista dos e-mails da baixaria contra Dilma.

Para facilitar a divulgação nesta última semana de campanha, fiz uma compilação dos emails falsos que circulam nesta campanha sobre Dilma Rousseff e seus respectivos desmentidos. Cada link remete ao leitor ao texto em questão. Espalhem, é importante:
>>>
A morte de Mário Kosel Filho: http://migre.me/1pfAb

>>>
A Ficha Falsa de Dilma Rousseff na ditadura
http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=650
>>
O porteiro que desistiu de trabalhar para receber o Bolsa-Família
http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=729
>>
Marília Gabriela desmente email falso
http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=1453
>>
Dilma não pode entrar nos Estados Unidos
http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=1497
>>
Foto de Dilma ao lado de um fuzíl é uma montagem barata
http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=1666
>>
Lula/Dilma sucatearam a classe média (B) em 8 anos:
http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=1848
>>
Email de Dora Kramer sobre Arnaldo Jabor é montagem
http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=1871
>>
Matéria sobre Dilma em jornais canadenses é falsa:
http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=2023
<<
Declarações de Dilma sobre Jesus Cristo – mais um email falso: http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=2010
>>
Fraude nas urnas com chip chinês – falsidade que beira o ridículo:
http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=2054
>>
Vídeo de Hugo Chaves pedindo votos a Dilma é falso:
http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=2037
>>
Matéria sobre amante lésbica de Dilma é invenção:
http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=2031
>>
>>
Postado no Blog do Paulo Henrique Amorim

DataSerra derruba Dilma, mas ainda assim ela venceria no 1º turno.

Conforme previsto, dentro da agenda do PIG, o DataSerra (Datafolha) soltou uma pesquisa dizendo que Dilma caiu 3 pontos, Serra ficou na mesma e Marina subiu 1:
>>>
Dilma: 46%
Serra: 28
Marina: 14%
Soma dos outros candidatos: 1%
Votos brancos e nulos: 4%
Não sabem ou não quiseram responder: 7%
>>>
A princípio o DataSerra arrumou um resultado "no limite da responsabilidade" (para usar uma expressão bem ao gosto dos demo-tucanos) para caracterizar um empate técnico entre a soma dos outros e Dilma, que daria possibilidade de 2º turno.
>>>
Curioso que, segundo o DataSerra, dos 3 pontos que que Dilma perdeu, 1 foi para brancos e nulos, e 2 foi para "não sabem ou não quiseram responder".
>>>
Ainda assim, Dilma continua com 52% dos votos válidos.
>>>
Há uma clara tentativa da imprensa de querer influir e demonstrar poder nas eleições, apostando na capacidade dela gerar segundo turno.
>>
E o Datafolha faz parte desse Grupo do Jornal Folha de São Paulo, que deixou de ser instituto acima de suspeitas, quando apresentou resultados irreais em maio.
>>
Se o Datafolha quer guerra, lhes daremos o combate.
>>
Todos nós sabemos o que temos que fazer: reforçar a campanha no boca a boca, nas conversas, fazer o contraponto, ocupar espaços nas ruas, no trabalho, nas reuniões, nos lares e na internet. Nossa força é do povo, não é a imprensa.
>>
Não podemos deixar essa imprensa golpista vencer no grito.
Não podemos deixar essa baixaria sair vitoriosa.
Não podemos deixar a campanha do ódio vencer a campanha do amor ao próximo.
Não podemos deixar mentiras e desonestidade prevalecer.
Não podemos deixar o populismo elitista vencer a política com "P" maiúsculo.
Não podemos abaixar a cabeça para uma elite demo-tucana-verde inescrupulosa que quer roubar nossa dignidade, constantemente ofendendo a honra de qualquer brasileiro que apoia o governo Lula e vota em Dilma.
>>>
Postado no Blog os Amigos do Presidente Lula

sábado, 25 de setembro de 2010

Kamel, o futuro do Brasil está em suas mãos.


Aparentemente, esgotou-se o acervo de detritos de maré baixa da Veja.
>>
A capa dessa semana é uma defesa do Golpe do PiG (*).
>>
Este ordinário blogueiro não ousou abrir a capa de plástico.
>>
E explicou aos frequentadores da banca que fica em frente à padaria Aracaju, em Higienópolis, São Paulo, que ao manusear as páginas da Veja é possível contrair doenças terminais de pele.
>>
O notável desta edição – uma das últimas deste periódico – é que ele não tem mais a propriedade de dar o Golpe antes da eleição.
>>
(Perguntava o Brizola, o avô: quantos passaportes tem o sr. Civita ?)
>>
Resta ao Golpe do PiG (*) o jornal nacional da véspera da eleição.
>>
O jornal nacional da véspera da eleição já produziu uma memorável edição do debate entre Collor e Lula, acompanhada de um editorial inesquecível de Alexandre Maluf Garcia.
>>
Na véspera de outra eleição, Ali Kamel ignorou a tragédia da Gol para não desarmar a paginação do jornal nacional que levou para o segundo turno a eleição entre Alckmin e Lula.
>>
Clique aqui para ler “O primeiro Golpe já houve, falta o segundo”.
>>
No dia 1º de outubro, Ali Kamel terá um encontro com a História.
>>
Detonar a bala de prata e, de um só Golpe, atravessar o coração de Lula e da Dilma.
>>
O Alexandre, o casal 45, o Waack, a Mônica, a urubóloga, o Jabor, e agora a nova estrela do firmamento Golpista, o Merval, eles não conseguiram o que só o Ali Kamel pode conseguir.
>>
Como se diz no mictório da padaria: Ali Kamel, o futuro do Brasil está em suas mãos.
>>
>>
Paulo Henrique Amorim
>>
(*) Em nenhuma democracia séria do mundo, jornais conservadores, de baixa qualidade técnica e até sensacionalistas, e uma única rede de televisão têm a importância que têm no Brasil. Eles se transformaram num partido político – o PiG, Partido da Imprensa Golpista.

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Serra é o único candidato que já assinou ordens para fazer ABORTOS, quando ministro da saúde.

Para o eleitor votar consciente e não ser enganado, a primeira verdade que precisa saber é:
>>>>
O único candidato a presidente nestas eleições que já assinou medidas para fazer abortos foi José Serra (PSDB), quando foi Ministro da Saúde, em 1998.
>>>>>>>
Ele assinou norma técnica para o SUS (Sistema Único de Saúde), ordenando regras para fazer abortos previstos em lei, até o 5º mês de gravidez.
>>>>
>>>>
>>>>>>>>>>>>>Clique nas imagens a seguir para ampliar.




>>>
A íntegra da norma pode ser lida aqui: http://www.cfemea.org.br/pdf/normatecnicams.pdf
>>>
Certamente as pessoas que são favoráveis à descriminalização do aborto aplaudem de pé essa atitude de Serra, quando foi Ministro, ao aparelhar o SUS para fazer abortos previstos em lei.
>>>>
E certamente, Serra jamais pode receber o voto de quem milita incondicionalmente contra qualquer prática relacionada ao aborto.
>>
Senadora do PSDB, suplente de FHC, apresentou projeto legalizando o aborto, desde 1993.
>>
O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), partidário de José Serra, foi eleito senador em 1986.
>>
Em dezembro de 1992 saiu do senado, no meio do mandato, para ser ministro das Relações Exteriores e depois da Fazenda, no governo Itamar Franco.
>>
Assumiu sua suplente Eva Blay (PSDB).
>>
No dia 23 de junho de 1993, ela apresentou o
Projeto de Lei no Senado n° 78/1993, revogando todos os artigos do Código Penal que criminalizam e penalizam a prática do aborto.
>>
PNDH II, assinado por FHC previa ampliação dos casos de aborto legal
>>
O Plano Nacional dos Direitos Humanos II, feito em 2002, no governo Fernando Henrique Cardoso, (íntegra
aqui), na página 16, defende a ampliação da legalização do aborto:
>>
179. Apoiar a alteração dos dispositivos do Código Penal referentes ao estupro, atentado violento ao pudor, posse sexual mediante fraude, atentado ao pudor mediante fraude e o alargamento dos permissivos para a prática do aborto legal, em conformidade com os compromissos assumidos pelo Estado brasileiro no marco da Plataforma de Ação de Pequim.
>>
Mônica Serra deveria se queixar do marido “ser a favor de matar as criancinhas”
>>
A mulher de Serra andou falando bobagens dizendo que “Dilma seria a favor de matar as criancinhas”. A dondoca deveria olhar para o próprio umbigo, porque o marido dela, José Serra, foi o único dos candidatos à presidente que assinou e ordenou regras para o SUS fazer ABORTOS.
>>
Como rebater boatos falsos para exploração eleitoreira:
>>
Agora, quando alguém receber algum e-mail demonizando Dilma, respondam essa VERDADE sobre Serra, enviando esta nota de volta.
>>
Quando ouvir alguém de boa-fé pregando contra Dilma e Lula, mostrem ou imprimam esta nota, esclarecendo quem é José Serra e quem é o PSDB. Questionem, exijam a verdade.
>>
Ao contrário do governo elitista do PSDB, de FHC, o governo Lula sempre manteve diálogo franco e aberto com as entidades religiosas, assim como outras entidades da sociedade civil, reconhecendo seu importante papel como ente social na construção da nação, buscando mediar conflitos e polêmicas, em busca de consensos que representem de fato a vontade e o pensamento do povo brasileiro.
>>
Todos os partidos tem gente a favor e gente contra
>>
A verdade é que todos os candidatos a presidente (Dilma, Marina, Serra e Plínio) tem posições semelhantes sobre o assunto: são pessoalmente contra o aborto, são pessoalmente a favor da vida, já se declararam a favor do estado laico, não mexerão nas leis atuais sobre o aborto, porque é assunto que pertence à sociedade e só o Congresso Nacional poderia mudar, se tivesse apoio popular. Nunca foi e não é um assunto para nenhum presidente da República decidir sozinho.
>>
Posições contrárias e favoráveis à descriminalização do aborto existem dentro de todos os partidos, como mostramos acima no caso do PSDB, e há também entre os aliados de Marina Silva (Fernando Gabeira e Eduardo Jorge do PV, sempre militaram pela legalização do aborto).
>>
Para aqueles que não entenderam o objetivo dessa matéria, nada melhor do que a palavra de outro leitor para explicar....
>>
Haroldo Cantanhede disse…
:>
O que se está abordando aqui não é a tecnicalidade da norma; o que se está abordando aqui é a postura hipócrita dos arautos da nossa direita que gritam mentiras por aí, tentando transformar a norma técnica em terrorismo da Dilma Rousseff. Essa tentativa de enxovalhar a candidata do PT com esse medo de Regina Duarte já encheu o saco; ora, se a Dilma, como disse a esposa do eminente candidato do PFL-PSDB “quer matar criancinhas”, ela deveria ter tido o mínimo de decência, e dito que o seu marido também. Das duas uma, ou ele não a ensinou direitinho o que dizer, ou então esqueceram-se da norma técnica, da tecnicalidade, etc. A questão aqui não é estarmos ou não estarmos a favor do aborto, dos direitos das mulheres, etc., mas sim contra a estratégia porca da candidatura do PSDB-PFL-PPS.
>>>
Postado no Blog os amigos do Presidente Lula

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Globo foi o maior dedo duro de 1964

Amigo navegante enviou ao Conversa Afiada essas duas páginas do Globo de 7 de abril de 1964.
>>
É um documento histórico.
>>
Atribuído a um grupo de democratas, o Globo publicou no dia 7 de abril de 1964, poucos dias depois da intervenção militar, a lista dos que tinham assinado um manifesto do Comando dos Trabalhadores Intelectuais.
>>
Como hoje, o Globo do Dr Roberto colaborava com o Golpe: “chamamos a atenção de alto-comando militar para os nomes que o assinaram”.
>>
É o dedo duro na sua manifestação mais cristalina.
>>
Repare, amigo navegante, alguns dos nomes que o Globo queria mandar para a câmara de torturas:
>>
Ferreira Gullar, Carlos Diegues, Arnaldo Jabour, Chico Anísio, Paulo Francis, Tereza Rachel, Jorge Zahar.
>>
Que horror !
>>
É a “Lista de Schindler” de sinal trocado: é a “Lista do Globo”, dos que deveriam ser cremados.
>>
Viva o Brasil !
>>>
>>>
Paulo Henrique Amorim
>>>
>>>

Confira os documentos:
>>>

>>>

Folha torna-se novamente aparelho do crime no Brasil.


Por Mauro Carrara
>>>
A empresa que edita a Folha de S. Paulo foi braço físico da Ditadura Militar e da repressão.
>>>>
Seu jornal Folha da Tarde era um QG dos grupos que sequestravam, torturavam e matavam.
>>>
A Folha de S. Paulo apoiou convenientemente os assassinos militares até o governo Geisel.
>>>
Depois, por motivos comerciais, vestiu a pele de cordeiro.
>>>>
Recentemente, passou a delinquir novamente.
>>>>
Passou a chamar a Ditadura de "Ditabranda".
>>>
Forjou com o grupo Ternuma uma falsa ficha de Dilma Rousseff.
>>>
E agora comete o mais grave crime de campanha, ao construir uma fábula de calúnia acerca da gestão da candidata do PT na Secretaria de Minas e Energia do Rio Grande do Sul e na Fundação de Economia e Estatística (FEE), entre 1991 e 1992.
>>>
As expressões utilizadas na matéria comprovam o CRIME de calúnia: "apontam favorecimento" e "mostram aparelhamento".
>>>>

A matéria foi produzida a partir de uma investida de "jagunços" autoritários da Folha que passaram dias no Rio Grande do Sul exigindo, ofendendo e ameçando pessoas, especialmente aquelas que cuidam dos arquivos públicos.
>>>
Mas em que parte da reportagem os agentes do PSDB travestidos de jornalistas mostram que todas as contas de Dilma foram aprovadas pelo TCE gaúcho?
>>>
A pergunta é: como podem promotores e juízes eleitorais autorizar esse tipo de crime de natureza eleitoral?
>>>
E os outros promotores e juízes: como podem permitir que a imprensa se transforme num instrumento de calúnia e destruição de reputações?
>>>>
A ordem democrática vem sendo gravemente ameaçada mais uma vez.
>>>>
Globo-Abril-Folha-Estadão seguem à frente nesta escalada neofascista, destinada a destruir a ordem institucional.
>>>
Que o partido de Dilma Rousseff leve sua justa reclamação ao horário da TV.
>>>
Os brasileiros de bem já não admitem a impunidade para os criminosos midiáticos.
>>>>
Postado no Blog
Grupo Beatrice
Copiado do Blog do Júnior Miranda

"Eles querem ganhar no tapetão, companheiros !”


terça-feira, 21 de setembro de 2010
>>>
Lula voltou a criticar a imprensa golpista, corrupta e sem-vergonha
>>>
O presidente Lula voltou a criticar a imprensa golpista, corrupta e sem vergonha (os adjetivos são por minha conta, o presidente não chegou a dizer), de querer trapacear todas as eleições, forjando escândalos às vésperas das eleições e fazendo tramóias com o candidato da elite arcaica, José Serra (PSDB/SP), a bola da vez.
>>>
Foi nesta quinta-feira, durante cerimônia de inauguração do trecho da Ferrovia Norte-Sul, em Porto Nacional, em Tocantins.
>>>
Eis os principais trechos do discurso:
>>>
Vocês estão acompanhando a imprensa, vocês vêem pela internet, vocês assistem a televisão, vocês ouvem rádio, e vocês veem, às vezes, chega quase a beirar ódio, porque eles ficam torcendo, desde o começo, para o Lula fracassar…
>>>>
Chega na época da campanha, vocês já viram: eu já fui vítima do que está acontecendo hoje.
>>>>>>
Agora, o que eles não percebem é que nós aprendemos, o que eles não percebem é que o povo de 2010 não é mais massa de manobra como era o povo de 30 anos atrás.
>>>>>
Eles já não podem colocar alguém para mentir e achar que o povo vai acreditar. Eles têm que perceber que o povo está sabendo que quando escrevem coisas erradas é mentira, que quando falam coisas erradas é mentira.
>>
Não tem mais aquele negócio: deu na televisão é verdade, acabou. É verdade, quando é verdade.
>>
Mas o povo sabe quando é mentira, o povo sabe quando eles estão tentando mistificar coisas…
>>
Não tem uma revista internacional, seja francesa, inglesa, americana, alemã, que não tenha a capa elogiando a economia brasileira, elogiando a agricultura brasileira, elogiando o governo brasileiro.
>>
Agora, daqui eu entendo tudo e percebo como é que tem, às vezes, má-fé…
>>
… acho que liberdade de imprensa é uma coisa sagrada, para a gente fortalecer a democracia no nosso país. Agora, a liberdade de imprensa não significa que você pode inventar coisas o dia inteiro. Liberdade de imprensa significa que você tem liberdade para informar corretamente a opinião pública para fazer crítica política e não, e não o que a gente assiste de vez em quando.
>>
De qualquer forma, eu já aprendi muito… Eu já tomei tanta chibatada que as minhas costas são mais grossas do que casco de tartaruga. Aqui, não adianta bater mais, não adianta bater mais. Se quiser dialogar, tem diálogo; se quiser conversar, vamos conversar. Agora, tem que entender o seguinte: um torneiro mecânico, que tem apenas o quarto ano primário e um diploma de torneiro, conseguiu fazer mais do que muita gente da elite fez neste país.
>>>
Postado no Blog os Amigos do Presidente Lula

O Globo e o ato contra o golpe midiático.


Por Altamiro Borges
>>>
O ato “contra o golpismo midiático e em defesa da democracia”, que ocorrerá nesta quinta-feira, dia 23, às 19 horas, na sede do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo, parece que incomodou o poderoso monopólio da família Marinho. O site do jornal O Globo deu manchete: “Após ataques de Lula, MST e centrais sindicais se juntam contra a imprensa”. Já o jornal impresso publicou a matéria “centrais fazem ato contra a imprensa”. Como se nota, o império global sentiu o tranco!
>>>
Diante desta reação amedrontada, é preciso prestar alguns esclarecimentos. Em primeiro lugar, o ato do dia 23 não está sendo convocado pelas centrais sindicais, MST ou partidos. Ele é organizado pelo Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, entidade fundada em 14 de maio último, que reúne em seu conselho consultivo 54 jornalistas, blogueiros, acadêmicos, veículos progressistas e movimentos sociais ligados à luta pela democratização da comunicação. A entidade é ampla e plural, e tem todo o direito de questionar as baixarias da mídia golpista.
>>>
As mentiras sobre o protesto
<>><><><><
As manchetes e a “reporcagem” do jornal O Globo tentam confundir os leitores. Insinuam que o protesto é “chapa-branca” e serve aos intentos do presidente Lula, que “acusa a imprensa de agir como partido político”. A matéria sequer menciona o Centro de Estudos Barão de Itararé e tenta transmitir a idéia de que o ato é articulado pelo PT, “siglas aliadas”, MST e centrais. A repórter Leila Suwwan, autora do texto editorializado, cometeu grave erro, que fere a ética jornalística.
>>>>
Em segundo lugar, é preciso explicitar os verdadeiros objetivos do protesto. Ele não é “contra a imprensa”, como afirma O Globo, jornal conhecido por suas técnicas grosseiras de manipulação. É contra o “golpismo midiático”, contra a onda denuncista que desrespeita a Constituição – que fixa a “presunção da inocência” – e insiste na “presunção da culpa” que destrói reputações e não segue os padrões mínimos do rigor jornalístico – até quem saiu da cadeia é usado como “fonte”.
>>>
Falso defensor da liberdade de imprensa
>>>>
O Globo insiste em se travestir como defensor da “liberdade de imprensa”. Mas este império não tem moral para falar em democracia. Ele clamou pelo golpe de 1964, construiu o seu monopólio com as benesses da ditadura e tem a sua história manchada pelo piores episódios da história do país – como quando escondeu a campanha das Diretas-Já, fabricou a candidatura do “caçador de marajás”, defendeu o modelo destrutivo do neoliberalismo ou criminaliza os movimentos sociais.
>>>>
Quem defende a verdadeira liberdade de expressão, contrapondo-se à ditadura midiática, estará presente ao ato desta quinta-feira. Seu objetivo é dar um basta ao golpismo da mídia, defender a soberania do voto popular e a democracia. Ele não é contra a imprensa, mas contra as distorções grosseiras dos donos da mídia. Não proporá qualquer tipo de censura, mas servirá para denunciar as manipulações dos impérios midiáticos, inclusive dos que são concessionárias públicas.

domingo, 19 de setembro de 2010

O fim: Um ciclo em que a velha mídia foi soberana.


Por Luis Nassif
>>>>
>>>
Dia após dia, episódio após episódio, vem se confirmando o cenário que traçamos aqui desde meados do ano passado: o suicídio do PSDB apostando as fichas em José Serra; a reestruturação partidária pós-eleições; o novo papel de Aécio Neves no cenário político; o pacto espúrio de Serra com a velha mídia, destruindo a oposição e a reputação dos jornais; os riscos para a liberdade de opinião, caso ele fosse eleito; a perda gradativa de influência da velha mídia.
>>>
O provável anúncio da saída de Aécio Neves marca oficialmente o fim do PSDB e da aliança com a velha mídia carioca-paulista que lhe forneceu a hegemonia política de 1994 a 2002 e a hegemonia sobre a oposição no período posterior.
>>>
Daqui para frente, o outrora glorioso PSDB, que em outros tempos encarnou a esperança de racionalidade administrativa, de não-sectarismo, será reduzido a uma reedição do velho PRP (Partido Republicano Paulista), encastelado em São Paulo e comandado por um político – Geraldo Alckmin – sem expressão nacional.
>>>
Fim de um período odioso
>>>
Restarão os ecos da mais odiosa campanha política da moderna história brasileira – um processo que se iniciou cinco anos atrás, com o uso intensivo da injúria, o exercício recorrente do assassinato de reputações, conseguindo suplantar em baixaria e falta de escrúpulos até a campanha de Fernando Collor em 1989.
>>>
As quarenta capas de Veja – culminando com a que aparece chutando o presidente – entrarão para a história do anti-jornalismo nacional. Os ataques de parajornalistas a jornalistas, patrocinados por Serra e admitidos por Roberto Civita, marcarão a categoria por décadas, como símbolo do período mais abjeto de uma história que começa gloriosa, com a campanha das diretas, e se encerra melancólica, exibindo um esgoto a céu aberto.
>>>
Levará anos para que o rancor seja extirpado da comunidade dos jornalistas, diluindo o envenenamento geral que tomou conta da classe.
>>>
A verdadeira história desse desastre ainda levará algum tempo para ser contada, o pacto com diretores da velha mídia, a noite de São Bartolomeu, para afastar os dissidentes, os assassinatos de reputação de jornalistas e políticos, adversários e até aliados, bancados diretamente por Serra, a tentativa de criar dossiês contra Aécio, da mesma maneira que utilizou contra Roseana, Tasso e Paulo Renato.
>>>
Leia na íntegra aqui.

Campanha Nacional de Vacinação contra o Golpe.

Nas eleições de 2010 o Brasil corre o sério e real risco de novamente ser contaminado pelo vírus do golpe, desta vez tendo como vetores setores da ultradireita representados por emissoras de TV e rádio, jornais e “formadores de opinião", como religiosos das mais diferentes crenças, incitados principalmente pela candidatura de José Serra à Presidência da República. Por isso, leia com atenção e divulgue este aviso!
>>>
Sintomas
>>>
Um jornal paulistano (Folha de São Paulo) divulgou ficha falsa classificando Dilma Rousseff de terrorista e assassina e e-mails acusam a ex-ministra de assassina e bandida.
>>>
Com o início da propaganda eleitoral, diversas crises e acusações sem provas passaram a figurar por manchetes de jornais e destaques em TV.
>>>
Com o crescimento de Dilma nas pesquisas, os ataques se intensificaram e jornais e TV só usam agenda negativa contra a candidata.
>>>
Blogs e publicações a favor de Dilma passaram a ser acusados de “blogs sujos” enquanto blogs de ataque à honra e nome de Dilma proliferaram na rede.
>>>
A venda ilegal de sigilo feita por encomenda na Delegacia da Receita em Mauá é transformada em “crise” contra a candidata.
>>>
A quebra do sigilo de milhares de pessoas é transformada em acusação contra Dilma e a violação do sigilo de 60 milhões de outras, feita pela filha do candidato tucano e denunciada pela revista Carta Capital, é solenemente ignorada.
>>>
José Serra transforma seu programa eleitoral na televisão em agenda diária de acusações e ilações falsas.
>>>
A esposa do candidato José Serra, em campanha em Nova Iguaçu (RJ) acusa Dilma de “matar criancinhas”.
>>
Um ex-condenado com negócios nebulosos é transformado em herói da probidade e gera crise envolvendo a Casa Civil da Presidência para atingir Dilma
>>>
Indícios próximos
>>>
Apesar da manutenção dos índices de votação de Dilma nas pesquisas, os tucanos prometem “bala de prata “ e mais baixaria e acusações.
>>>
Religiosos católicos e evangélicos distribuem vídeo acusando Dilma de crimes e misturando pedofilia, infanticídio, homossexualidade com a campanha do PT.
>>>
O candidato José Serra aumenta a agressividade contra jornalistas que lhe fazem perguntas apontadas “incômodas” ou “inconvenientes”.
>>>
O presidente do PSDB Sérgio Guerra promete “campanha mais agressiva” até o dia da votação, vale dizer mais baixaria, crises e acusações inundadas.
>>>
Espalha-se pela internet a informação de que a campanha de Serra prepara uma acusação grave para a véspera da eleição quando não há mais tempo para se dar resposta e se esclarecer qualquer fato.
>>>
Vetores
>>>
Rede Globo de Televisão – Jornais “O Globo”; “Folha de S. Paulo”; “O Estado de S. Paulo” e revistas “Veja” e “Época”.
>>>
Risco iminente
>>>
O vírus pretende espalhar o medo e a dúvida com base nas acusações falsas, gerando graves danos ao sistema democrático brasileiro e provocando assim o golpe tão esperado que desprezará o resultado da vontade popular e trará de volta ao poder a elite insensível e desumana que se empenhará na desnacionalização dos recursos nacionais; na venda do patrimônio público; no desmanche das conquistas sociais do povo e na volta aos tempos da UDN da ditadura; do FHC e do FMI.
>>>
Prevenção
>>>
Divulgue este alerta a todas as pessoas de seu relacionamento. Alerte quem você conhece sobre o risco das denúncias em véspera de eleição.
>>>
Duvide de qualquer denúncia que surja após o fim do horário eleitoral gratuito quando os fatos não mais podem ser desmentidos em cadeia nacional de rádio e televisão.
.
Vote por seu país e por sua independência, como cidadão, sem tutela e manipulação.
...
Postado no Blog do Júnior Miranda

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Globo-Folha: a voz do crime no Brasil.

Pelo que ando vendo, se for para denunciar a Dilma está valendo tudo, vergonha alheia.
>>>
>>>

Mauro Carrara
>>
>>>

Pela primeira vez, os golpistas midiáticos associaram diretamente o nome de Dilma Rousseff a um suposto delito.
>>>
O golpe veio em "cadeia nacional", pelo JN, da boca de um criminoso comum, julgado e condenado.
>>>
Era receptador de cargas roubadas e lidava com dinheiro falsificado.
>>>
Já passou dez meses atrás das grades.
>>>
Admite que no passado foi filiado ao PSDB.
>>>
Esse bandido virou celebridade na Folha de S. Paulo, que exibe dele uma foto posada, produzida por Letícia Moreira num chiaroscuro ao estilo Van der Goes.
>>
No quadro de 19 cm x 24 cm, o ladrão cafajeste virou galã.
>>>
No horário jornalístico nobre da TV, foi tratado como demiurgo.
>>>
Ganhou cerca de um minuto para desfiar acusações confusas contra Erenice e Dilma.
>>>
Ou seja, Folha e Globo se transformaram em canal de locução do crime.
>>>
Mesmo assim, provavelmente não serão processados.
>>>
Nenhum policial, procurador ou magistrado se levantou, até agora, para questionar a conversão de veículos de comunicação em armas de destruição moral.
>>>
O cidadão tampouco pode contar com o Governo Federal e com o PT, sempre tímidos e incapazes de agir contra as gangues midiáticas e seus novos atores, agora recrutados no sistema carcerário. >>>
O episódio da demissão de Erenice Guerra constituiu-se em grave erro estratégico.
>>>
Tolerar o avanço da bandidagem midiática pode ser trágico, mesmo que se vença a eleição.
>>>>
Ou destruímos o golpismo midiático ou o golpismo midiático vai destruir o Brasil.
>>>
Postado do
Blog Maria da Penha Neles!

Tudo pronto para Semana Nacional da Juventude com Dilma.

A #GaleradaDilma de todo o Brasil já se organizou para a maior #OndaVermelha dessa campanha. Vamos usar a força e a alegria da juventude para ajudar a eleger Dilma Rousseff – a primeira mulher presidente do Brasil!
>>>
De norte a sul do país varias atividades vão marcar a semana de 18 a 24 de setembro. Bandeiraços, bicicletadas, panfletagens, debates, samba de roda e muito mais. Só não vai faltar alegria e militância.
>>>
Confira alguns eventos que já estão confirmados:
>>>>
Rio de janeiro – O primeiro evento será no sábado, dia 18, com panfletagem na Quinta da Boa Vista. Começa às 10h. Na segunda, 20/9, a panfletagem terá a
participação do candidato a deputado federal, Carlos Santana. O evento será na Feira do Villar dos Telles de 12h às 15h.
>>>
No dia 24/9, haverá uma atividade festiva dos setoriais e da juventude. Será no Galpão da Dilma, que fica na rua Pedro Alves, nº 40, galpão 15, na Leopoldina. O evento começa às 19h.
>>>
Paraná – Em Curitiba, a panfletagem será na Boca Maldita, no sábado, 18/9, das 9h às 13h. No domingo, 19/9, o evento acontecerá das 8h às 13h, na feirinha do Largo da Ordem.
>>>
Paraíba – Na capital, João Pessoa, no quinta-feira, 23/9, os jovens irão participar de um bandeiraço em vários pontos da cidade.
>>>
Maranhão – Na sexta-feira, 24/9, nas ruas históricas de São Luiz, haverá Ato Político – Juventude na Rua.
>>>
Sua
participação é o mais importante – Galera, vamos registrar todas as ações organizadas pela juventude. Vale tudo: texto, foto, vídeo. Não deixem de usar a tag #GaleradaDilma. Vamos invadir a rede!
>>>
Nos ajude a mapear todas as ações da juventude Dilmista. Envie para nosso e-mail galeradadilma@gmail.com – o que sua galera pretende fazer. Essa
#GaleradaDilma vai mostrar que política e diversão podem sim render uma ótima combinação!
>>>
Por um Brasil Melhor – Vamos seguir o exemplo do Dia Nacional de Mobilização da Juventude, 07 de agosto. Na ocasião, conseguimos fazer mais de cem eventos – quase simultâneos – de apoio a candidata
Dilma Rousseff, além de milhares de twittes que formaram um verdadeiro Tsunâme vermelho na rede.
>>>
No dia da Mobilização, Dilma deu um show na Cidade de Deus (RJ). Ela apresentou propostas para a juventude e conclamou os jovens a lutar por suas convicções e a continuar a
#OndaVermelha: “Essa chamada Onda Vermelha tem que surgir de norte a sul! Temos que ocupar as ruas desse país. Vamos continuar mudando Brasil”.
>>>
A secretária Nacional da Juventude do
PT, Severine Macedo, também deixou seu recado: “Eles não vão nos enganar companheirada! Só quem pode fazer mais é quem já fez alguma coisa. Foi o governo Lula que deu espaço para a juventude e nos reconheceu. Dilma é a continuidade dessas conquistas”.
>>>
Retirado do site:
www.galeradadilma.com.br

VEJA tem mais baixaria esta semana. Onézimo jantou bem ontem.

>>>>
O Conversa Afiada recebeu informação interessante.
>>>
Jantaram ontem em Brasília, “em restaurante a que se costuma levar amante”, disse o informante, o ex-delegado da Polícia Federal Onézimo de Souza e seu velho amigo Policarpo Jr, chefe da sucursal da VEJA, a última flor do Fascio.
>>>
No restaurante do
Hotel Tryp Brasília 21.
>>>
Onézimo trabalhou na
empresa Control Risks, seção de São Paulo.
>>>
A Control Risks é uma Kroll (êpa ! êpa !).
>>>
Onézimo participou da célebre reunião com Luiz Lanzetta, para tratar da segurança da campanha da Dilma.
>>>
Segundo informante do Conversa Afiada, foi como colocar uma serpente no ninho.
>>>
Onézimo é anti-petista visceral.
>>>
O que talvez se demonstre na vala negra que corta a redação da revista VEJA, em sua próxima floração.
>>>
Em tempo: o restaurante não é lá essas coisas, pelo visto. Mais vale uma boa conversa, a sotto voce, que o cardápio.
>>>
Paulo Henrique Amorim

"Fonte" da Folha acabou de sair da cadeia.

Reproduzo artigo de Luis Nassif, publicado em seu blog:
>>>
Alguns elementos para tentar entender essa nova denúncia da Folha:
>>>
1. Segundo informações da própria Folha, o acusador Rubnei Quícoli já foi condenado duas vezes em São Paulo (por interceptação de carga roubada e por posse de moeda falsificada). E em 2007 passou dez meses preso. O fato de antecipar as denúncias sobre sua fonte não absolve o jornal. Pelo contrário, é agravante. Quando uma pessoa com tal currículo faz uma denúncia, é praxe de qualquer jornalismo sério ouvir as denúncias e exigir a apresentação de provas.
>>>
2. A única prova que o tal consultor apresenta é um email marcando audiência na Casa Civil e que tem o nome de Vinicius Oliveira no C/C . Todo o restante são acusações declaratórias. Nenhum juiz do mundo tomaria como verdade acusações desacompanhadas de provas, de um sujeito que acaba de sair da cadeia.
>>>
3. O jornal não explica como um sujeito com duas condenações criminais, que passou dez meses na prisão dois anos atrás, pilota um projeto de R$ 9 bilhões. É apostar demais na ignorância dos leitores.
>>>
4. O BNDES é um banco técnico, constituído exclusivamente por funcionários de carreira trabalhando de forma colegiada. É impossível a qualquer pessoa – até seu presidente – influenciar a análise do comitê de crédito. Essa informação pode ser facilmente confirmada com qualquer ex-presidente do banco, de qualquer governo. É só conversar com o Luiz Carlos Mendonça de Barros, Pérsio Arida, Antonio Barros de Castro, Márcio Fortes – que foram presidentes durante o governo FHC. A ilação principal da reportagem – a de que o projeto de financiamento foi recusado pelo BNDES depois da empresa ter recusado a assessoria da Capital – não se sustenta. Coloca sob suspeita uma instituição de reconhecimento público fiando-se na palavra de um sujeito que já sofreu três condenações na Justiça e três anos atrás passou dez meses preso.
>>>
5. Existem empresas de consultoria que preparam projetos para o BNDES e cobram entre 5 a 7% sobre o valor financiado. É praxe no mercado. Confundir essa taxa com propina é má fé. Segundo o empresário que denunciou, Israel apresentou uma proposta de acompanhamento jurídico de processos da empresa, que acabou não sendo assinado. Tudo em cima de declarações.
>>>
Ninguém vai negociar propostas ocultas em reuniões formais na Casa Civil, à luz do dia. Só faltava.
...
Postado do Blog do Miro

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Couto é convidado oficialmente para cerimônia do Prêmio Congresso em Foco 2010.

>>>
O deputado federal Luiz Couto foi convidado oficialmente para participar da cerimônia de premiação do Prêmio Congresso em Foco 2010, no Centro de Eventos Porto Vittoria, em Brasília, no próximo dia 22 de novembro. O parlamentar foi informado da indicação de seu nome pelo diretor do Congresso em Foco, Sylvio C. Costa.
>>>
“O Congresso em Foco tem a satisfação de informar, oficialmente, que V. Exa. Foi escolhido, em consulta aos jornalistas que cobrem o Parlamento, como um dos melhores parlamentares federais em atividade neste ano”.
>>>
Luiz Couto foi escolhido como sendo um dos melhores parlamentares federais em atividade do ano de 2010. A indicação foi feita por jornalistas que cobrem as atividades parlamentares do Congresso Nacional.
>>>
A colocação final do nome do deputado Luiz Couto, bem como de todos os senadores e deputados federais pré-selecionados pelos jornalistas, será definida pela votação direta dos internautas até o dia 31 de outubro, através do site: www.premiocongressoemfoco.com.br
>>>

Lulamania na França.

A mais importante revista de Rock e Cultura Pop francesa, "Les Inrockuptibles", traz o presidente Lula na capa:
>>>>


>>>>
A aparesentação diz:
>>>
Lula deixará a presidência do Brasil em plena glória.
Ele ergueu seu país pela primeira vez como uma grande potência internacional.
Ele conseguiu, algo tão raro, conduzir sua sucessão.
Junto como Mandela, são os únicos sucessos da esquerda nos últimos anos.

Postado originalmente no Blog os amigos do Presidente Lula.

Tentativa de golpe cai por terra.

>>>>
Até o Datafolha/Serra admite, baixarias fracassam. Pesquisa feita pelo instituto ligado ao PIG (Partido da Imprensa Golpista) entre os dias 13 e 15, período da baixaria e da tentativa de golpe feita através do noticiário da Globo, Estadão, Folha e Veja, mostram que Dilma ampliou para 24% sua diferença em relação ao Zé Baixaria.
>>>
Dilma: 51% (subiu 1 ponto em relação à semana passada)
Serra: 27% (empacado)
Marina: 11% (também na mesma)
>>>

>>>>
Pois é Zé Baixaria, não adiantou jogar na imprensa o denuncismo descabido e eleitoreiro. Não adiantou usar a própria família para tentar mudar a situação das pesquisas. Não adiantou usar o PIG: Globo, Veja, Folha de São Paulo, etc, para tentar manipular as mentes dos brasileiros. O povo hoje não caem mais na denúncia apenas pela denúncia, só para ganhar votos. Os tempos são outros meu caro. O povo mudou.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Vem dizer isso na TV, vem, FHC…

Tomara que algum gênio atucanado da direção das tevês brasileiras resolva dar uma mãozinha ao Serra divuulgando na televisão aberta a fala de Fernando Henrique Cardoso num site tucano onde ele diz que o presidente Lula “virou um militante e um chefe de uma facção”.
>>>>
“Isto extrapola o limite do estado de direito democrático”, disse FHC em entrevista com militantes do partido transmitida pela internet, segundo a Folha de S. Paulo. Eu tentei baixar o vídeo mas não consegui. Acho que até o computador ficou com nojo.
>>>>
Diz o jornal que FHC chegou citar o ex-ditador italiano Benito Mussolini (1883-1945) para atacar o presidente. “Faltou quem freasse o Mussolini. Alguém tem que parar o Lula”, afirmou o ex-presidente, depois ponderando que não estava fazendo uma comparação.
>>>>
Isso precisa passar na TV aberta. Se fizerem isso, a popularidade de Lula bate nos 100% e Dilma é eleita com uns 97% dos votos. Que pena que exilaram o Fernando Henrique da campanha.
>>>
Mas ainda é tempo: sugiro que o programa do Alkmin ceda uns dois minutos para o vendedor da nação diga isso em rede. Aí dá Mercadante no primeiro turno.
>>>
Postado no Blog Tijolaço do Brizola Neto

Serra se irrita e ameaça deixar entrevista em programa de TV.

Durante gravação do programa Jogo do Poder, da CNT, o candidato do PSDB à presidência da República, José Serra se irritou com perguntas sobre a quebra de sigilos de tucanos e pesquisas e ameaçou deixar a entrevista.
>>>
O candidato disse que eles "estavam perdendo tempo falando daqueles assuntos", enquanto podiam dar ênfase aos programas de governo dele. Após a apresentadora Márcia Peltier citar que a quebra de sigilo teria acontecido em 2009, antes do anúncio das candidaturas à presidência, Serra subiu o tom: - Que antes da candidatura, Márcia? Nós estamos gastando tempo aqui precioso, estamos repetindo os argumentos do PT, que você sabe que são fajutos, estamos perdendo tempo aqui.
>>>
Márcia tentou contemporizar, mas não conseguiu acalmá-lo. "A candidata do PT virá aqui?", perguntou. Após a afirmativa de Márcia, ele retrucou: "então, pergunta para ela".
>>>
"Agora nós vamos falar sobre programas", tentou prosseguir a apresentadora. Neste momento, Serra levantou-se e ameaçou sair do estúdio. Tentando arrumar o fio do microfone, disse: "eu não vou dar essa entrevista, você me desculpa".
>>>
Márcia insistiu dizendo que eles falariam de programa de governo, mas ele se manteve firme. "Faz de conta que eu não vim". "Mas porquê, candidato?", disse, ainda sentada. "Porque não tem nada a ver com pergunta, não é um troço sério. (...)Apaga aqui". "O que o senhor quer que apague?", perguntou Márcia. "Apague a TV pra gente conversar".
>>>
Márcia pediu que as câmeras fossem desligadas e as luzes do estúdio apagadas, mas Serra continuou falando: "porque isso aqui está parecendo montado". "Montado para quem? Aqui não tem isso", defendeu a jornalista.
>>>
O candidato voltou a reclamar da pauta das perguntas - que até então, havia se fixado nos acessos fiscais e sobre as pesquisas. "Me disseram que eu ia falar de política e economia".
>>>
Depois de conversar reservadamente com Márcia e o apresentador Alon Feuerwerker, Serra voltou ao estúdio e respondeu a questionamentos sobre economia, saúde e saneamento básico.
>>>
Ao final da gravação, Serra foi questionado pelos jornalistas que estavam no local sobre sua irritação. O candidato negou ter se irritado e afirmou que apenas estava "com estômago ruim" porque não tinha tomado café da manhã.
>>>
Segundo a assessoria de imprensa da emissora, as perguntas feitas ao candidatos sobre os assuntos que o incomodaram serão mantidas na edição que irá ao ar nesta quarta-feira (15), às 22h50.
>>>
Retirado do Portal Terra
>>>
Comentário do blogueiro aqui: "não era ele que tanto queria que falasse sobre a quebra do sigilo? Não foi ele quem usou grande parte do tempo do seu guia eleitoral para falar sobre isto? Será que esse camarada não quer mais falar sobre essas denúncias por que não rendeu votos a sua campanha? Ah... outra coisa, é Dilma quem não respeita os jornalista é quer controlar a mídia né Zé Chirico?"
>>>
Agora é Dilma 13 para o Brasil seguir mudando!!!

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Luiz Couto palestrou sobre a Ditadura Militar na UFPB em Bananeiras.

A Ditadura Militar foi o tema abordado pelo deputado federal Luiz Couto em palestra proferida no auditório da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Campus de Bananeiras, na última quarta-feira. Em sua exposição, seguida de um debate com alunos, professores e convidados o parlamentar classificou o período da Ditadura como “um tempo para não esquecer”.
>>>
Luiz Couto disse que é dever do Estado o reconhecimento do direito à verdade, à memória e a justiça, por serem esses direitos fundamentais ao cidadão, bem como a
preservação da memória histórica e da publicação da verdade. “A modernização da Legislação relacionada com o direito à memória fortalece a democracia”.
<>>>
Indagado sobre a importância do tema, Luiz Couto disse que um povo se torna protagonista de sua própria história quando a conhece profundamente. Com base nesse pensamento, ele defendeu que seja constituída a Comissão da Verdade, na qual possa criar mecanismos que possam punir os torturadores no âmbito municipal, estadual e nacional. Ele também considera importante derrubar as nomenclaturas que homenageiam os ditadores, através das quais essas pessoas são perpetuadas como autoridades dignas de serem lembradas.
>>>>
Na próxima semana o deputado Luiz Couto vai discutir o mesmo tema junto aos estudantes e professores no município de Areia.

Operações da PF: Lula X Fhc.

Houve um tempo, e até bem recente, em que a Justiça só funcionava para os pobres. A situação ainda não se transformou totalmente, mas “nunca antes na história desse país”, como gosta de dizer o presidente Lula, se viu tanta gente graúda sendo presa e respondendo a processos.
>>>
O governo não é a Justiça, mas quando tem compromisso com a ética não só leva a ela situações irregularidades como evitar, por este exemplo, que outras ocorram.
>>>
Desde o início do governo Lula, a Polícia Federal aumentou o número de operações de grande porte e o volume de prisões. E as ações se concentraram, sobretudo, em crimes contra os cofres públicos e a sonegação fiscal. Nunca se viu tanto banqueiro, juízes, políticos, auditores e policiais sendo presos ou processados. De 2003 até o início de setembro desse ano, de acordo com números da
PF, foram mais de mil operações, com 14 mil presos, sendo 1.700 servidores públicos.
>>>
A imprensa, por razões eleitorais, tenta passar a existência de um clima de impunidade no país, principalmente em relação a integrantes do governo e a parlamentares, num esforço permanente de desacreditar a política e alienar a sociedade.
>>>
Lula não deixou barato essa questão ao afirmar hoje em Criciúma, na inauguração de trechos da duplicação da BR-101, que o governo não tolera e reprime casos de corrupção, como registrou o
Estadão.
>>>
“Quando tem roubo, a gente pega. Vocês viram o que aconteceu, agora, no Amapá. Só tem um jeito de um bandido não ser preso neste país: é ele não ser bandido. Porque, se for bandido e a gente descobrir, a gente pega. Houve um tempo em que não era assim, houve um tempo em que era mais fácil levantar o tapete e jogar para baixo. Agora não. Então, é muito difícil. ”
>>>
Os números testemunham por Lula. A Polícia Federal e várias outras instâncias do governo se uniram ao Ministério Público e agiram como nunca. Lula podia comparar as mais de mil operações da PF em seu governo com as 28 dos oito anos de Fernando Henrique Cardoso e perguntar quem foi o mais interessado em combater a corrupção no país.
>>>
Postado originalmente no blog Tijolaço do Brizola Neto

sábado, 11 de setembro de 2010

Globo: Serra é um pacote vazio cheio de ódio


Saiu na primeira página do Globo: “Serra: Lula deixa roubar e Dilma é envelope fechado”.
>>>
Serra participou de um pretenso “debate” com notáveis colonistas (*) do jornal O Globo, onde viceja o Golpismo mais genuíno.
>>>
Sobre a acusação de que Lula “deixa roubar”, Serra não é original, como sempre.
>>>
A matriz é uma frase do Ciro Gomes (**), que disse: “Fernando Henrique não rouba, mas deixa roubar”.
>>>>
Sobre a Dilma, o Serra precisa escolher.
>>>
Ou a expressão “envelope fechado” significa que a Dilma não tem nada na cabeça e nem na biografia, ou a Dilma, como ele dá a entender, é uma guerrilheira sanguinária que matava criancinhas (***).
>>>
A comparação de Dilma a Celso Pitta, ou seja, de Lula a Maluf, é tão ridícula quanto deprimente.
>>>
Denota que o Zé Baixaria aproxima-se do fundo do poço, onde se encontra o Golpe baixo.
>>>
O “debate”, para variar –
clique aqui para ver que a Marina não pensa nada – foi inútil.
>>>>
A urubóloga Miriam Leitão conseguiu descobrir, na PNAD divulgada nesta semana, a consagração do Governo do Farol de Alexandria.
>>>
Trata-se de uma pirueta estatística que a credencia para a próxima temporada do Cirque du Soleil.
>>>
Outro colonista (*), mais para anônimo do que para notável, foi destratado pelo Zé Baixaria, interrompido e caracterizado como desprovido de neurônios e membro de um suposto “comitê petista”.
>>>>
Inexplicavelmente, o colonista (*) calou-se diante da terrível acusação.
>>>>
O Zé Baixaria gostava do tempo em que bastavam três telefonemas para controlar a opinião pública.
>>>
Para o doutor Roberto, para o “Seu” Frias e para o Ruy Mesquita.
>>>
O Robert(o) Civita vinha no vácuo.
>>>
O Zé Baixaria debate-se com os novos tempos da blogosfera que ele não consegue calar.
Não dá para pedir a cabeça do Nassif ao Nassif, porque o Nassif provavelmente não demitirá o Nassif.
>>>
Não adianta pedir à dra. Cureau para calar o blog Amigos do Presidente Lula, porque a Justiça frustrou as autoritárias intenções da imparcial dra. Cureau.
>>>
Basta acompanhar o Zé Baixaria no Twitter –
clique aqui para perder lá o seu tempo – para perceber que ele não tem a menor ideia de como funciona a blogosfera ou o Twitter.
>>>
Serra está ancorado em 2002 e lá morrerá.
>>>
Com o mesmo ódio de sempre.
>>
>>>

Paulo Henrique Amorim
>>>
>>>

(*) Não tem nada a ver com cólon. São os colonistas do PiG que combatem na milícia para derrubar o presidente Lula. E assim se comportarão sempre que um presidente no Brasil, no mundo e na Galáxia tiver origem no trabalho e, não, no capital. O Mino Carta costuma dizer que o Brasil é o único lugar do mundo em que jornalista chama patrão de colega. É esse pessoal aí.
>>>>
(**) Ciro Gomes também disse que o Serra, numa campanha, é garantia de baixaria. Ciro Gomes também disse que o Serra não tem escrúpulos e que, se necessário, passa com um trator por cima da mãe.
>>>
(***) O Estadão de hoje informa que o Superior Tribunal Militar negou à Dilma o direito de abrir o inquérito sobre o seu passado de militante contra o Regime Militar (o Zé Baixaria, como se sabe, preferiu combater no Chile e nos Estados Unidos).
>>>
(****) Não foi a Folha quem tomou a iniciativa de abrir o passado da Dilma. Foi a própria Dilma.
Como disse o Mino Carta, a Dilma não é um envelope fechado: ela tem por que se orgulhar do passado de combatente.
>>>>
Em tempo: a Dilma tomou a sábia providencia de não participar desse pelotão de fuzilaria travestido de “debate”.