quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

O que te passa cara pálida!?

Ao chegar da Universidade na noite desta quarta – feira, após uma bela palestra da Professora e Doutora Eliza, com o tema “E isto é história?”, fiquei ligado no jogo do meu Flamengo pela Libertadores, acabando o jogo, decidi ficar assistindo mais um pouco para ver os gols da rodada no Jornal da Globo.

Ao começar o Jornal, o apresentador William Waack, com aquele rosto pálido, fúnebre, que está mais para orador de velório do que para jornalista, analisa ao seu modo – sarcástico, invejoso, ao estilo daquela emissora – o encontro de Lula com Fidel Castro em Cuba. Além de esconder o que realmente nosso Presidente foi fazer em Cuba, assinar um termo de cooperação econômica entre os dois países, o orador de velório William Waack, disse que Lula e o Governo brasileiro, desrespeitavam os Direitos Humanos ao visitar aquele País, em referência a morte de Orlando Zapata, preso político que estava em greve de fome há 82 dias.

O que te passa cara pálida? Cadê a sua indignação sobre a prisão de Guantánamo e suas câmaras de tortura, mantida pelos EUA? Cadê a tua indignação cara pálida sobre a cassação de Kassab? Cadê tua indignação cara pálida sobre a falta de infra estrutura que aumentou e foi uma das causas da morte de várias pessoas atingidas pela chuva em São Paulo? Cadê tua indignação cara pálida sobre as declarações do maconheiro FHC defendendo a legalização da maconha? Quem és tu cara pálida para falar sobre Direitos Humanos, por acaso te esquece que, as Organizações Marinhos cresceram através do apoio que deram a Ditadura Militar. Cadê tua indignação cara pálida sobre os carros que a Folha de São Paulo emprestava para os militares torturarem as pessoas. Por acaso queres que está página seja esquecida das mentes dos brasileiros.

Lula como Presidente, não só pode como deve visitar qualquer chefe de nação, seja ele quem for. Ele tem prestígio e autoridade para isso, e todo mundo quer ouvi-lo, diferentemente dos teus Patrões FHC e Serra, que além de não terem credibilidade, ninguém dá ouvidos para o que eles falam, a não ser a Miriam Leitão, o Arnaldo Jabor, o Renato Machado, o Alexandre Garcia, em fim, toda essa corja que querem ver a população Sifú...

Quer saber... Quem liga para o PIG.
.
Por Cezar Miranda

5 comentários:

Anônimo disse...

essas corja de jornalistas safados tão todos com raiva do nosso presidente que ta fasendo muito pelos pobres brasileiro!!queria que o presidente da venezuela ugo chaves mandasse jogar umas bombas na queles montes de baba ovos do serra

Fortuna disse...

Valeu Cezar,
Também fiquei indignado após assistir ao jogo que a integrante do PIG transmitiu quando o dito apresentador já citado quando fez referencia à visita do Presidente Lula à Cuba. Esses "papagaios" do PIG não se conformam com a notoriedade e importancia internacional que nosso Presidente tem. Mas queiram ou não terão que ver o zé alagão afundar de vez na próxima eleiçao e Dilma dar continuidade nas grandes transformações em Nosso País.

J. V. Fortuna

VAL NUNES disse...

Concordo com vc cara amigo em genero, número e grau, o Jornalismo no Brasil é uma vergonha principalmente da Rede Globo, os Willians: Bonner e Waack são uns pilantras, mas vão ter que engoliar mais 4 anos de governo petista e Lula voltando em 2014, grande abraço e parabéns por mais um canal de debates no meio da comunicação.

Edduardo Souza disse...

Não aguentei e tive de postar este comentário. Você foi paupérrimo em seu post ao falar do grande jornalista que é William Waack. Ele só diz o que diz porque tem moral pra isso. Afinal, respeitemos quem merece. Levar para o lado pessoal é que é #foda! O fato de você ter ficado, digamos "zangado, irritado" com a crítica do jornalista foi porque atingiu o presidente Lula, o qual pertence ao mesmo partdido que você. Não sou nem nunca fui contra Lula, ao contrário sou eleitor de dele!
Agora, por favor, espero que nos próximos posts você seja realista e não diga que todo mundo quer ouvir Lula falar, pois todos sabem que é tudo escrito por outra pessoa. Então, corrigindo sua frase "Ele tem prestígio e autoridade para isso, e todo mundo quer ouvi-lo LER o que os outros escrevem". É isso!

Júnior Miranda disse...

Meu caro amigo e professor Eduardo Souza, me desculpe, mas eu que não aguentei ver um estudante universitário como você, sabedor, eu acho, do passado e presente obscuro do William Waack, que posicionou-se claramente a favor da ditadura, defendê-lo. Ditadura essa que torturou e matou centenas de colegas professores.

Me desculpe, mas paupérrimo é seu discurso equivocado e desconhecedor da história da imprensa brasileira. Um pseudo jornalista do tipo de William Waack que defende torturadores não tem prestígio e muito menos autoridade para criticar Lula, não porque voto em Lula, mas por questão moral.

Não me venha com o velho discurso preconceituoso e ultrapassado de dizer que Lula não tem conhecimento. Dudu, pelo amor de Deus meu irmão, não acredito que tu ainda estás nesse tempo da ignorância, repetindo o que as velhas oligarquias brasileiras sempre disseram contra Lula, que ele não é um letrado, etc. e tal.

Discordo plenamente do seu discurso, mas espero que este debate e outros, possam despertar em nós a curiosidade em estudar e conhecer o passado ditatorial da chamada grande mídia brasileira e mudar nossa opinião. Abraços meu caro amigo.